Em sua segunda visita a Pernambuco desde que foi eleito, o presidente Jair Bolsonaro desembarcou nesta quinta-feira (1º), em São José do Egito, no sertão do estado, para inaugurar a segunda etapa do Sistema Adutor do Pajeú.

Na cerimônia, acompanhado por parlamentares e pelos ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), o presidente destacou a importância da água para o povo nordestino. 

“A questão da água é vital para todos nós. E, no semblante do nordestino, quando chega água parece que ganhou ele na Mega-Sena. E ganhou sim”, afirmou. 

Ainda em seu discurso, ele defendeu a democracia. “Eu nunca abrirei mão que meu povo tenha liberdade e tenha democracia. Quem disse que eu ia fazer o contrário deve estar decepcionado”, garantiu.

Adutora

A primeira etapa da adutora foi inaugurada em 2013. O trecho entregue hoje recebeu mais de R$ 245 milhões do governo federal e começou a ser construído – pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) – em março deste ano. Com ele, a expectativa é de que a oferta de água aumente em 78% para a região. É que a vazão do sistema passará de 290 para 480 litros por segundo. A captação é realizada no Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco. 

Em outro município pernambucano, Sertânia, o presidente visitou obras do Ramal do Agreste, na estação de bombeamento VII. A estrutura, que também será receptora das águas do Eixo Leste, está com 70,6% de execução. 

A expectativa é de atender 68 cidades e mais de 2,2 milhões de habitantes. Bolsonaro retorna hoje a Brasília. 

Campina Grande

Antes de chegar a Pernambuco, o avião do presidente da República fez uma escala em Campina Grande (PB).

Lá, ainda no aeroporto da cidade, ele se reuniu com o prefeito Romero Rodrigues (PSD) por 40 minutos e cumprimentou apoiadores.   

Por: Agência Brasil

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome