Reprodução Facebook

O candidato ao governo de São Paulo pelo DC, Major Costa e Silva, sofreu um ataque a tiros na noite de ontem (3) na Estrada Cooperativa, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. O crime foi comunicado na delegacia do município.

Em sua página do Facebook, mensagens publicadas a partir das 23h trouxeram informações sobre o ataque ao Major Costa e Silva. Segundo as mensagens, motocicletas fecharam o veículo na Estrada Mauá-São Paulo e fizeram vários disparos contra o carro em que estavam o major e o coordenador da campanha, Capitão Munhoz, que dirigia o veículo.

Munhoz foi atingido nas costas, perdeu o controle e o veículo caiu em um rio. Segundo informado no Facebook, o major reagiu e disparou contra os agressores, que fugiram. O candidato e o coordenador foram levados para um hospital em Santo André. O major Costa e Silva teve leves escoriações, o capitão Munhoz estava com colete a prova de balas e não teve ferimentos graves, o tiro que levou não atravessou o colete.

Segundo a Cabo Fátima, candidata a vice-governadora na chapa do Major, o candidato vinha recebendo ameaças e por isso ele e o motorista usavam coletes.

Major Costa e Silva / Reprodução Facebook

MANTENHA-SE INFORMADO COM O JORNAL EXPRESSO REGIONAL

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome