Foto: Rahel Patrasso/Reuters

Uma mulher morreu ontem (20) após ser arrastada por uma enxurrada, junto a uma criança, na cidade paulista de Aparecida, localizada no Vale do Paraíba. Ambas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas à Santa Casa de Misericórdia, onde foi constatado o óbito da mulher. A criança ficou com escoriações e não corre risco de morte. As informações são da Defesa Civil do estado de São Paulo.

O município de Aparecida foi atingido por chuva de forte intensidade nas últimas 24 horas, o que causou enxurradas, pontos de alagamento e abalo em estrutura de imóveis. Desde o início da Operação São Paulo Sempre Alerta, em 1º de dezembro de 2023, já foram registradas 14 mortes em decorrência das chuvas.

Quatro residências tiveram danos em suas estruturas e, após passarem por vistoria preliminar, foram interditadas preventivamente. Doze pessoas ficaram desalojadas e foram encaminhadas para casa de parentes, e quatro pessoas ficaram desabrigadas e foram para o albergue municipal.

São Sebastião, no litoral norte paulista, também foi atingido por uma chuva de grande intensidade, causando diversos pontos de alagamento. Os bairros Pontal, Juquehy, Barra do Sahy, Camburi e Centro tiveram pontos de alagamento temporários, mas não houve vítimas, conforme divulgou a Defesa Civil do estado.

O Sistema de Alarme Remoto (SISAR) foi acionado após a quantidade de chuva ultrapassar o nível de segurança estipulado e a previsão do tempo para as próximas horas aponta para ocorrência de chuva moderada à forte. O abrigo localizado na Avenida Adelino Tavares, 301, na Vila Sahy, foi mobilizado para acolher os munícipes. Três homens, duas mulheres e duas crianças estão no abrigo.

Para atender a comunidade, um ônibus da prefeitura ficou à disposição para transportar as famílias da área de risco para o abrigo. Segundo a Defesa Civil, equipes permanecem em campo prestando apoio aos munícipes afetados e fazendo a limpeza das áreas atingidas.

No boletim divulgado às 8h de hoje (21), a Defesa Civil paulista informou que foram registrados os seguintes acumulados de chuva, nas 24h anteriores: Caraguatatuba, 121mm; São Sebastião, 117mm; Marília, 85mm; Ribeirão Preto, 83mm; Peruíbe, 81mm; Monteiro Lobato, 71mm; Lorena, 68mm; Bertioga, 65mm; Santa Branca, 64mm; Aparecida, 63mm; Canas, 56mm; Guaratinguetá, 55mm e Itanhaém, 53mm.

Os municípios de Guaratinguetá, Caraguatatuba, Santa Cruz do Rio Pardo e Ubatuba também tiveram chuva de forte intensidade, com pontos de alagamento, mas sem registros de mortes até o momento.

Em Ubatuba, um deslizamento de terra levou à interdição preventiva de uma residência, após vistoria preliminar. Duas pessoas ficaram desalojadas e foram encaminhadas para casa de parentes. Na manhã desta quarta-feira, a previsão é que equipes da Defesa Civil Municipal juntamente com o engenheiro do município realizem nova vistoria no local.

Fonte: Agência Brasil-EBC