Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera.

O Ministério da Saúde autorizou a contratação temporária e emergencial de mais 72 médicos para reforçar o atendimento a pacientes com Covid-19 em Manaus (AM).

Segundo o texto da portaria ministerial n° 79, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (19), os profissionais serão contratados por um ano, por meio do Programa Mais Médicos, do Governo Federal.

As vagas deverão ser preenchidas por chamamento público e o prazo de contratação será improrrogável. Os interessados em participar da iniciativa devem se inscrever ainda nesta terça-feira, na página do programa na internet.

De acordo com o ministério, a iniciativa é uma resposta à situação emergencial que o Amazonas enfrenta. Há ainda outras 36 vagas em aberto, remanescentes do chamamento anterior, totalizando a possibilidade de 108 contratações para a rede de atenção primária da capital amazonense, onde, segundo o ministério, é feito a maior parte do atendimento de casos leves de síndrome gripal e covid-19.

Sessenta e quatro profissionais já atuam em Manaus por meio do Programa Mais Médicos. De acordo com o ministério, diante da situação, o recesso de alguns dos participantes do programa, previsto para ocorrer a partir da segunda quinzena de janeiro, foi suspenso.

Fonte: Agência Brasil