Reprodução/Redes Sociais

Mais de 16,7 mil profissionais de saúde já foram vacinados contra o coronavírus no estado de São Paulo desde domingo (17), segundo informações do Governo do Estado.

Isso equivale a uma pessoa imunizada a cada três minutos no estado. Durante uma coletiva de imprensa, o Governador João Doria destacou que o esforço é coordenado pela Secretaria de Saúde do Estado e conta com um programa de treinamento de mais de 19 mil profissionais.

As primeiras doses da vacina foram aplicadas no Hospital das Clínicas de São Paulo. A contagem em tempo real das vacinações podem ser acompanhadas através do Vacinômetro.

Até quarta-feira (20), 500 mil doses da vacina contra a Covid-19 foram distribuídas em 13 diretorias regionais de saúde em todo o estado de SP, totalizando 123 cidades atendidas.

Grupo prioritário

Na primeira etapa da campanha de imunização são vacinados profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos, pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência, indígenas e quilombolas.

A população quilombola chegou a ser retirada do grupo prioritário de vacinação em São Paulo na terça-feira (19), mas João Doria fez um pronunciamento informando que continuarão na fase inicial do plano.

O governador disse também que a imunização dos quilombolas que vivem no Vale do Ribeira começa no sábado (23). Já a imunização dos indígenas aldeados terá início na sexta-feira (22).

Além disso, o site “Vacina Já” foi lançado pelo Governo do Estado para agilizar a campanha. Com isso, todas as pessoas aptas a receber a vacina podem fazer um pré-cadastro.

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome