Reprodução TV Record

A Polícia Civil identificou o borracheiro Leonardo Tenório, de 52 anos, como assassino da mulher que estava desaparecida desde o início do mês na cidade de Jandira. Nesta segunda-feira (23) ele confessou o crime e indicou onde estava o corpo de Mariza.

Mariza era moradora do bairro Ouro Verde, em Jandira, e estava desaparecida desde o dia 08 de setembro. O caso ganhou repercussão após cobertura do programa Cidade Alerta da TV Record.

A Polícia estava empenhada em desvendar o caso e chegou ao assassino após analisar as mensagens trocadas entre Mariza e o borracheiro Leonardo Tenório. O suspeito confessou o crime e indicou o local onde havia deixado o corpo, em um córrego na cidade de Barueri, próximo da divisa com Jandira.

Na tarde desta segunda-feira a polícia se dirigiu ao local indicado pelo suspeito e encontrou o corpo enrolado em um saco preto e dentro de uma caixa d’água velha, que estava jogada dentro do córrego.

A Polícia continua investigando o caso para entender a motivação do crime.

VEJA O VÍDEO DO MOMENTO DA LOCALIZAÇÃO DO CORPO – CIDADE ALERTA

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome