A ex-presidente da Bolívia Jeanine Áñez foi presta neste sábado (13), segundo o Ministro do Governo, Carlos Eduardo del Castillo.

A informação foi divulgada através das redes sociais do ministro. A ex-presidente é investigada por estar envolvida na derrubada do governo de Evo Morales em 2019.

Através do twitter, a ex-presidente disse que foi um ato de abuso e perseguição política. “O MAS decidiu voltar ao estilo da ditadura”, escreveu.

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome