Gabi é uma menina de 14 anos que relatou ter sido estuprada por um jovem de 19 anos em Niterói. Após o relato, a mãe dela não acreditou e algumas pessoas entraram em defesa do acusado, então uma onda em defesa da Gabi tomou conta da internet.

A jovem relatou que havia saído com o acusado MJ, de 19 anos, eles beberam e ela perdeu a consciência. Quando retomou a consciência, foi ao banheiro e percebeu que estava sangrando, mesmo sem estar menstruada, então teve a certeza que havia sido estuprada.

Ela decidiu expor o caso nas redes sociais, mas nem a mãe dela acreditou no primeiro momento. A mãe do rapaz entrou em defesa dele, bem como alguns colegas do acusado. Mas o caso teve uma grande repercussão em Niterói, no estado do Rio de Janeiro, e outras 17 garotas relataram terem sido abusadas pelo mesmo rapaz. Segundo relatos na internet, o acusado era conhecido por andar com meninas mais novas.

O caso tomou uma proporção maior quando algumas pessoas acusaram a menina de ter facilitado, por ter saído com o rapaz e ainda bebido. Alguns chegaram a falar que não acreditavam que ela não havia consentido. Foi então que a hashtag #gabieuacreditoemvc começou a tomar conta da WEB, estando entre as mais citadas no TWITTER.

Assunto chegou ao topo no Twitter, com mais de 100 mil citações em 24h.

 

 

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome