Não há preferência para idosos, pessoas com deficiência ou gestantes e, para conseguir uma consulta médica, alguns Jandirenses chegam às 5h da manhã para ficar na frente da fila e conseguirem atendimento.

Enquanto em algumas cidades o agendamento de consultas pode ser feito em qualquer dia, a Prefeitura de Jandira estipula dois dias de cada mês para a marcação de consultas nas Unidades Básicas de Saúde, o resultado é a formação de grandes filas e o desrespeito com o cidadão.

Nesta segunda-feira foi um dos dias programados, pela prefeitura, para fazer o agendamento. Nas UBS’s do Jardim Brotinho e do Jardim Gabriela filas gigantes se formaram.

Às 6h30m a UBS do Jardim Brotinho já registrava uma fila gigante

O Expresso conversou com o senhor Francisco, morador do Jardim Brotinho, ele relatou que chegou às 5h30m da manhã e já haviam cerca de 15 pessoas na fila. Ele disse que se sente humilhado, pois tem que ficar horas na fila para marcar uma consulta. Francisco disse que estava otimista e esperava conseguir uma vaga para ser atendido ainda esse ano, mas sabia que muitos dos que estavam na fila só conseguiriam ser atendidos em 2020.

Uma funcionária da secretaria de saúde, que pediu para não ser identificada, informou ao Expresso que a decisão de marcação em apenas dois dias do mês é uma decisão política. Segundo a funcionária, é uma forma de diminuir a demanda, pois quem não conseguir comparecer no dia do agendamento não aparecerá nos registros de busca por atendimento, sendo assim a prefeitura justifica ter menos pessoas esperando por atendimento na cidade.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome