Depois de fazer exames complementares, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, foi diagnosticado com quadro de trombose venosa – formação de um coágulo sanguíneo numa veia profunda – nas veias fibulares, localizadas na lateral da perna e no tornozelo. Covas está internado desde a tarde de quarta-feira (23) no Hospital Sírio-Libanês, para o tratamento de uma erisipela.

A erisipela é doença que causa um tipo de celulite (infecção da pele) provocada por bactérias que, quando encontram uma porta de entrada nas camadas mais superficiais da pele, espalham-se, formando uma mancha vermelha. No sábado (19), ele já havia ido ao Hospital Albert Einstein por causa dessa infecção na pele em membro inferior.

Segundo o boletim médico, Covas segue em tratamento, sem previsão de alta.

Saiba mais

Edição: Fernando Fraga

Fonte: Agência Brasil-EBC

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome