Reprodução Redes Sociais

Prefeitura de Jandira pagou R$7,75 por borracha que custou R$2,97 para outra prefeitura do estado. Empresa que vendeu as borrachas é suspeita de superfaturar outros produtos.

A compra das borrachas foi realizada em dezembro de 2018, através do contrato 224/2018 (pregão 108/2018), a empresa fornecedora é a Erick Luiz Teixeira do Amaral Comercial. De acordo com o contrato, a prefeitura adquiriu 37 mil “borrachas escolares com capa” pelo valor unitário de R$7,75 cada borracha, totalizando R$286.750,00.

Também em 2018, a Prefeitura de Biritiba Mirim licitou o mesmo produto, com as mesmas especificações, que custou R$2,97 cada unidade. Comparando o preço pago pelas duas prefeituras, é possível concluir que a prefeitura de Jandira pagou cerca de 260% (duzentos e sessenta porcento) a mais pelo mesmo produto.

Trecho do contrato da Prefeitura de Jandira 

Trecho da licitação da Prefeitura de Biritiba Mirim (Pregão 08/2018)

Prejuízo para os cofres públicos

Em pesquisa de preços na internet, é possível encontrar produtos de marcas renomadas por preços inferiores a R$2,50 a unidade. Mas levando em conta o preço do produto para a Prefeitura de Biritiba Mirim, a Prefeitura de Jandira poderia ter economizado R$176.860,00.

Mesma empresa é acusada de superfaturamento nos produtos

A empresa Erick Luiz Teixeira do Amaral Comercial, que forneceu as borrachas, já ganhou diversas licitações em Jandira. A mesma empresa já forneceu móveis, produtos de limpeza, brinquedos lúdicos, entre outros.

No fornecimento de Playgrounds (brinquedos lúdicos), a empresa foi acusada de superfaturar os produtos, de acordo com reportagem da TV GLOBO. (Clique para Assistir)

As informações que constam nessa reportagem foram obtidas através da Lei de Acesso à Informação.

Clique aqui para ter acesso ao contrato 224/2018 da Prefeitura de Jandira

 

2 COMENTÁRIOS

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome