Por aqui sempre falamos muito em cuidados com a pele do rosto, certo? Mas e os pés? Você já parou para pensar no quanto nossos pezinhos se “sacrificam” por nós? Nos sustentam em todo tempo, nos levam para onde queremos, são literalmente nossa base. E como os tratamos?

No verão estamos sempre na manicure, fazendo as unhas e deixando-os sempre bonitos afinal eles ficam super aparentes, em evidência naquela sandália maravilhosa. Mas e no inverno? E nesses dias mais frios?

Coitados, são totalmente esquecidos dentro das botas, sapatilhas e tênis, as unhas antes feitas semanalmente ou quinzenalmente já desconhecem o carinho da amiga manicure, as rachaduras aumentam, pois, acabamos só botando uma meia para aquecê-los e nada mais.

Precisamos cuidar não só das unhas, mas da pele dos pés, uma das regiões que mais sofre nessa época do ano, a camada superficial da pele nessa região é mais grossa, com maior quantidade de camadas células mortas, ou seja, elas ressecam muito mais em relação as demais partes do corpo.

É sempre importante hidratar muito bem os pés, boas opções são hidratantes a base de óleo de amêndoas, de algodão, manteiga de karitê e emolientes que cumprem melhor a função de hidratar.

Outro cuidado fundamental é secar bem a região após o banho, nesse frio mal saímos do banho e já corremos para colocar meia e aquecer os pés, os resultados acabam sendo fungos e bactérias, frieiras e micoses, então o ideal é secar bem os pés, passar um bom hidratante e esperar secar bem antes de colocar as meias.

Para uma boa hidratação eu indico um produto que é mil e uma utilidades, o hidratante noturno extra emoliente da Mary Kay, ele é a base de petrolato, um emoliente que ajuda a manter a pele com uma aparência mais macia e suave, ele forma uma barreira protetora que minimiza a evaporação da umidade e proporciona hidratação extra, tem também ação cicatrizante, o que ajuda a diminuir as rachaduras.

Também é importante manter a higiene em dia, cortar as unhas e não deixar esmaltes por muito tempo, de repente vale aproveitar que os pés ficam mais escondidos nos sapatos e deixar as unhas sem esmaltes para que elas “respirem” um pouco mais e fiquem mais saudáveis já que o uso continuo de esmaltes as fazem ficar mais fracas e quebradiças.

E por último uma dica que vale muito a pena além de proporcionar um relaxamento maravilhoso, o escalda-pés.

O escalda-pés é super indicado para tratar estresse, nervosismo, micoses, dores nas pernas, cansaço, frieiras, problemas de circulação, calos, gripes, resfriados, insônia e muitos outros males, traz alivio não só na região da aplicação, mas no corpo como um todo já que possuem uma grande quantidade de terminações nervosas.

Algumas opções:

Sal: ajuda a drenar o excesso de líquido e reduzir o inchaço;

Eucalipto, hortelã e menta: combatem o cansaço e livram as pernas da sensação de peso;

Arnica: diminui a dor;

Calêndula: ação antisséptica e antibacteriana;

Arruda: ativa a circulação;

Cravo, canela e alecrim: estimulantes e revigorantes;

Lavanda, erva-cidreira, melissa, erva-doce, capim-limão e camomila: ação relaxante, estimulando o sono.

E aí, vamos cuidar melhor dos nossos pezinhos?

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome