Reprodução/Redes Sociais

O Inter sofreu bastante, mas conseguiu o mais importante ao final da noite de futebol neste domingo (31), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Venceu o Bragantino por 2 a 1 em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato brasileiro. Com o resultado, o Colorado chegou aos 65 pontos, se manteve na liderança e garantiu que, ao final da rodada, a diferença será de no mínimo quatro pontos para o 2º colocado faltando apenas cinco jogos para o final do torneio. A próxima partida da equipe gaúcha será na quinta-feira (4) contra o Athletico Paranaense em Curitiba. O Bragantino, que está na 13ª posição com 44 pontos, volta a jogar na quarta (3) contra o Atlético Goianiense no interior paulista.

Inter segue líder e consegue recorde de vitórias seguidas, na reta final do campeonato.

Inter segue líder e consegue recorde de vitórias seguidas, na reta final do campeonato. – Ricardo Duarte/Internacional/Direitos Reservados

Os gols foram marcados pelos meias Patrick, logo aos três minutos da primeira etapa, e Edenílson, aos 12 do segundo tempo. Pelo Bragantino, quem marcou foi o atacante Helinho aos 14 minutos da etapa inicial. Mas, para chegar na 9ª vitória seguida no Campeonato, o time de Porto Alegre teve que suar. Depois de pular na frente com o gol de voleio do Patrick, o Inter viu o Bragantino dominar o jogo. Aos 12, o goleiro Marcelo Lomba teve que trabalhar para evitar o empate em chute de fora da área do meia Claudinho que desviou no meio do caminho. Logo na sequência, Helinho aproveitou o vacilo do lateral-esquerdo Moisés e o rebote do goleiro para empatar o jogo. Aos 19, o domínio do time paulista era total. Artur cruzou da direita e Helinho, sozinho na frente do gol, se atrapalhou e perdeu grande chance. Aos 36, o Massa Bruta teve um gol anulado. O volante gaúcho Rodrigo Dourado afastou, mas a bola desviou na mão do atacante Ryller que marcou. O árbitro, com auxílio do VAR, anulou.

Na etapa final, o Colorado tentou partir para cima tentando confirmar os três pontos e conseguiu um pênalti aos sete minutos. Depois do cruzamento do Patrick, a bola desviou na mão do zagueiro. O árbitro foi ao VAR e confirmou a penalidade. Endenílson bateu aos 12 minutos e marcou o segundo do líder do Brasileiro. Depois o panorama foi o mesmo da etapa inicial. O Bragantino partiu para cima e o Inter se retraiu. Os paulista tiveram chances aos 26, aos 33 e aos 44, quando Marcelo Lomba fez um verdadeiro milagre para evitar o empate. O meia Claudinho deu um belo toque de calcanhar e deixou Raul cara a cara com o goleiro colorado. Ele saiu muito bem e salvou o Inter. Com o resultado, além de seguir líder, o Inter chegou à 9ª vitória seguida. Número que representa um recorde na era dos pontos corridos, que começou em 2003, e um recorde na história do clube, que havia vencido oito jogos seguidos no Brasileiro de 1978.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Agência Brasil-EBC

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome