NRP Viana do Castelo / Reprodução

VEJA O VÍDEO MAIS ABAIXO

Viralizou no Whatsapp o vídeo do resgate de um barco português em que a situação não correu como todos esperavam. A redação do Expresso foi atrás de mais informações para entender o caso.

Segundo apuramos, o caso ocorreu com um navio NRP Viana do Castelo, um navio-patrulha oceânico da classe Viana do Castelo da Marinha Portuguesa, que efetuava o regaste de um homem ao mar, proveniente de uma embarcação que virou. O homem é visível no início do vídeo, está deitado na lancha de resgate, vestido com roupa azul. A lancha e os outros quatro membros são do NRP Viana do Castelo.

Segundo relatos de marinheiros, o acidente com a lancha de resgate aconteceu devido a forte ondulação, velocidade excessiva por parte do navio e erro por parte do homem que controlava o guincho. Todos os que caíram ao mar foram salvos.

VÍDEO DO ACIDENTE

Por que o resgate não foi realizado com os barcos parados?

Segundo apurado pelo Expresso, é correto o procedimento ser feito com os barcos  em movimento, pois, caso parem, o navio pode ficar a deriva, ficando instável e correndo o risco de bater na lancha e até virar. O erro pode ter sido no içamento e na velocidade, que estava alta para o procedimento.

Veja um exemplo de salvamento com embarcação em movimento:

MANTENHA-SE INFORMADO COM O JORNAL EXPRESSO REGIONAL

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome