A diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro foi marcada para 10 de dezembro, às 11h, nove dias antes do prazo final definido no calendário eleitoral. A informação foi confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Pela manhã, a presidência do TSE entrou em contato com o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni para discutir a realização da solenidade antes de 19 de dezembro, conforme previsto anteriormente. Esta é a data limite para o ato.

No contato com Lorenzoni, o TSE sugeriu que a campanha de Bolsonaro antecipasse em cinco dias sua prestação de contas final, cujo prazo limite para entrega é 17 de novembro. Desse modo, a corte tem como adiantar também o julgamento das contas, que deve ser feito antes da diplomação.

A antecipação da diplomação foi feita de comum acordo tendo em vista que Bolsonaro deve ser submetido a uma cirurgia em 12 de dezembro, para a retirada da bolsa de colostomia que vem sendo utilizada por ele desde que levou uma facada, em 6 de setembro. Será a terceira cirurgia de Bolsonaro em decorrência do ataque.

Edição: Juliana Andrade
Fonte: Agência Brasil-EBC

MANTENHA-SE INFORMADO COM O JORNAL EXPRESSO REGIONAL

DICAS DE BELEZA     ACONTECIMENTOS    ESPORTES    ENTRETENIMENTO   GRANDE SP

O seu Jornal, tudo que acontece na Grande São Paulo, no Brasil e no mundo. 
Principais manchetes do dia e notícias das cidades de Barueri, Osasco, Carapicuíba,
Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba, Cotia, Pirapora do Bom Jesus e muitas outras
cidades da Grande São Paulo.
jornal, expresso, regional, jornal expresso, jandira, barueri, itapevi, osasco, 
santana de parnaiba, carapicuiba, são paulo, grande, cotia, pirapora, noticia, 
noticias, cidade, cidades, brasil, mundo, informado, jesus, bolsonaro, tse,
diplomação, dezembro, tribunal, eleitoral, lorenzoni

COMENTAR

Por favor comente aqui
Por favor informe seu nome