O Festival Cine MIS, que começa nesta sexta-feira (16) na capital paulista, exibirá 28 produções entre curtas, médias e longas-metragens selecionados a partir de 600 trabalhos enviados por produtores de todas as regiões do país.

A seleção foi feita pelos cineastas Glenda Nicácio, Duda Leite e Bruno Cucio e pelos programadores do Museu da Imagem e do Som (MIS) Jéssica Silva, Júnior Oliveira e Ícaro San Carlo.

“Dos povos originários do Crato no Ceará às ruas de Manaus, no Norte do país, o Festival Cine MIS traz um retrato social de tempos em que a luta por identidade, moradia, justiça e direitos permeia as relações sociais e alimenta os anseios de construção de uma nova sociedade”, destaca o MIS em comunicado.

Entre os filmes está Lindos de Morrer, da diretora Catharina Felix, documentário sobre a importância da beleza até depois da morte. Misturando ficção e realidade, o filme aborda o mundo dos maquiadores de cadáveres. Também estará em exibição Nowhere, das diretoras Thais de Almeida Prado e Flavia Couto. O filme é composto pelo olhar autobiográfico de oito mulheres em relação às cidades onde vivem. É um ensaio poético das experiências cotidianas.

A programação completa pode ser vista no site do MIS.

Fonte: Agência Brasil-EBC